Pages

quarta-feira, setembro 30, 2009

Passo a passo da máscara no Itaú Cultural

Meu passo a passo da máscara de caixa de leite vazia saiu na revista e no site do Itaú Cultural.



O site é www.itaucultural.org.br/continuumcrianca. Aguarde o carregamento, clique em "Jogos e Atividades" e depois em "Passo a Passo".

-----

terça-feira, setembro 29, 2009

Oficina de Máscaras na Associação Cirandar

A Associação Cirandar promove a Oficina de Máscaras ministrada por Márcia Brito.
Uma oficina que brinca com a criação bem humorada e simples de se construir uma máscara de papel. A sua aplicação na educação é favorecida por sua construção muito ágil e cooperativa permitindo o trabalho em grupo e as intervenções individuais.

Público Alvo:
Educadores Sociais / Recreadores / Professores / Arte-educadores / Animadores / Pessoas interessadas

OFICINA DE MÁSCARAS


Carga Horária: 03 horas
Data: 09 de outubro (sexta-feira)
Horário: das 14h às 17h

Objetivo:
• Apresentar uma forma fácil e rápida de se construir uma máscara de papel.
• Estimular a criatividade, o trabalho cooperativo, o reaproveitamento de materiais e a utilização de sucata.
• Abordar o tema relembrando as tradições dos carnavais mascarados.
• Fazer uma roda de manifestações sobre as máscaras nos variados contextos históricos e culturais em que elas aparecem e o que representam seus simbolismos e utilização.

Conteúdos:
• Esta é uma oficina que brinca com a criação bem humorada e simples de se construir uma máscara de papel.
• A sua aplicação na educação é favorecida por sua construção muito ágil e cooperativa permitindo o trabalho em grupo e as intervenções individuais.

Propostas de aplicação
dos resultados em manifestações culturais como: Carnaval, Festas do Boi, Teatro etc, e elaboração de um plano de aula utilizando o aprendizado.

Destinado a:
Educadores Sociais/Recreadores/Professores/Animadores/Pessoas Interessadas.

Formadora:
Márcia Brito é fundadora da Caixadagua33, arte-educadora e pesquisadora em cultura popular brasileira há mais de 30 anos.
Formada em Geografia na Faculdade Estadual de Londrina, em 1972. Especializou-se em arte-educação através de diversos cursos em instituições como FUNARTE, SESC, MAM (Museu de Arte Moderna) e MUBE (Museu Brasileiro de Escultura).
Além das oficinas, ministra cursos em Cultura Popular Brasileira em escolas públicas, particulares e em entidades como o Centro Cultural Banco do Brasil.

Local da oficina: Associação Cirandar
Rua Ernesto Zuanella, 233 - Parque Continental - (próximo ao Shopping Continental)

Investimento:
R$ 40,00 – Organizações Associadas
R$ 80,00 – Não associados – desconto de 10% para grupos de 03 ou mais pessoas

Contato:
Telefones: (11) 3714.8640
Site: www.cirandar.com.br
E-mail: cirandar@gmail.com

Realização:

segunda-feira, setembro 28, 2009

Festa da Letrinhas: vejam como foi!



Foi um sábado muito divertido na Livraria da Vila, com o lançamento de quatro livros da editora Companhia das Letrinhas.

Vejam as fotos das duas oficinas que realizamos:

1ª Oficina: "A Duna do Tesouro" de Roney Cytrynowicz

Contamos a história do livro e fizemos oficina do lápis-fantasma!


Marcia Brito contando a história do livro


Marcia Brito e Roney Cytrynowicz


Pais e crianças montando lápis-fantasmas


Mostrando seus fantasminhas!


Marcia Brito e Carlos Relva: oficina realizada!


Roney Cytrynowicz com sua caneta-fantasma autografando o exemplar de Marcia Brito

2ª Oficina: "O Medo e o Mar" de Maria Camargo



Fizemos uma apresentação do livro e sugerimos uma oficina de lápis-pirata. Mas a criançada quis fazer o lápis-fantasma também!


Todos assistem atentamente a apresentação de Marcia Brito sobre o livro


Começa a enrolação dos lápis-fantasmas


Pronto, Lápis-fantasmas assustadores! Buuuuuuuuuuuuuuu!!!

A Livraria da Vila da Fradique Coutinho fica na Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena. Informações: 3814-5811.

-----

quinta-feira, setembro 24, 2009

Mais preparativos para sábado



"Lico está determinado a executar um plano: encontrar o tesouro de Huguemar, o capitão de um navio pirata naufragado. Para isso, ele conta com a ajuda de seus amigos e também de uma pessoa muito especial: sua avó Delicélia."

Vai ser às 10h30 e a Companhia das Letras vai oferecer muitas outras atrações durante todo o dia. Veja toda a programação aqui.



A Livraria da Vila da Fradique Coutinho fica na Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena. Informações: 3814-5811.

-----

quarta-feira, setembro 23, 2009

Festa da Letrinhas

Sábado, na Festa da Letrinhas organizada pela Livraria da Vila e a Editora Companhia das Letrinhas, farei os lápis-fantasmas:



Buuuuuuuuuuu!

Veja abaixo o convite digital do evento (clique na imagem para ampliar):



A Livraria da Vila da Fradique Coutinho fica na Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena. Informações: 3814-5811.

-----

terça-feira, setembro 22, 2009

Santo Antônio

Minha mãe estava com ciúmes dos santos que faço para os outros, então fiz para ela um Santo Antônio.





Meu irmão chama-se Mario Antônio e meu avô chamava-se Antônio.

Esta é Hermínia, minha tia mais alegre. Esteve passeando aqui. O bebê é seu bisneto.





E a dondoca sou eu. :)

-----

segunda-feira, setembro 21, 2009

2ª oficina do Chico Cambeva

As fotos da oficina de sábado ficaram bem engraçadas!

Contei a história do livro "Chico Cambeva no fundo do martelo" de autoria de Joaquim de Almeida, com ilustrações de Laurabeatriz. Juntou mais gente na hora da oficina e as crianças fizeram 23 peixinhos. Tinha uma turminha que escutava a história de longe.

Aproveitei para falar do "dia mundial da limpeza das águas" (19/09).

As crianças adoram tirar as coisas da barriga do tubarão!





















-----

sexta-feira, setembro 18, 2009

Oficina sábado!



Amanhã, 18/09 às 16h, oficina do livro "Chico Cambeva no fundo do martelo" de Joaquim de Almeida, com ilustrações de Laurabeatriz.

"É a história de um pescador e um tubarão martelo, também chamado de tubarão cambeva. Na aventura o pescador acaba ajudando o tubarão a se livrar de todo o lixo que estava dentro de sua barriga, causando muita dor. Fala de ecologia, meio-ambiente e desmitifica a fama do tubarão ser um animal terrível e perigoso."

Não percam!

A Livraria Saraiva - Shopping Ibirapuera fica na avenida Ibirapuera, 3.103.
Tel: (11) 5561-7290/6053 - (11) 5093-1848

-----

quinta-feira, setembro 17, 2009



Olá pessoal, aqui é Genoveva, a correspondente especial interestadual do atelier Caixadagua33 direto de Itacaré, fazendo a cobertura da produção artística do atelier É Ideia.

E hoje eu não vou falar do É Ideia, não. Apesar do blog estar bombando de novidades! Deem um visitadinha: www.ateliereideia.blogspot.com

Hoje vou falar do meu filho, Eduardinho. Ele me mandou uma foto e a saudade bateu forte. Olha como ele tá grandão e bonitão:



Ai, ai... Não se preocupa não, Eduardinho. A mamãe volta logo do trabalho em Itacaré ou te traz pra cá.

Um beijão e se cuida, viu!?

Vida de correspondente especial interestadual não é mole não. Gil que o diga!

-----

quarta-feira, setembro 16, 2009



Quando eu estava no 1º grau (hoje ensino fundamental) minha professora solicitou aos alunos que escrevessem redações sobre um caipira folgado, que só comia na casa dos outros. Lembrei disso uns dias atrás e resolvi, agora, escrever o pequeno conto abaixo, João Papamadeira e o Mombuguaru. O caipira e o jegue são do Mario Pacheco do atelier É Ideia. Divirtam-se!

João Papamadeira e o Mombuguaru




- Ô bichinho serra que é esse João Papamadeira, jegue! Num pode ver um armoço sendo servido que já quer um pratinho!

- Sobrenomi engraçado tem o João, num é?

- Sobrenomi...?

- Papamadeira, ora.

- Num é sobrenomi, não.

- Não?

- É apeído.

- Ié?

- Ie, jegue. Ele ganhou quando foi em Borogodó do Norte.

- Onde fica isso, sô?

- Lá pro nordeste.

- Lembrei! É a terra dondetá a Genoveva, né?

- A cumadi Genoveva num tá lá, não. Só deu uma passadinha. Tá é em Itacaré.

- Ié?

- Ie, jegue.

- Mas me conta, cumpadi, por que ele ganhou esse raio de apeído, sô?

- Como tu sabe, João Papamadeira é muito serra. Tá sempre pronto pra filá a comida dos outros. Ai, deudeia nele de passar uns tempos em Borogodó do Norte, na casa dos primos. Como sempre, foi pra lá só com a roupa do corpo.

- Ié?

- Ie, jegue.

- E ai?

- Ai que ele armoçava na casa de todo mundo, com a maior cara de par.

- "Cara de par"? Então foi ai que ele ganhou o apeído de Papamadeira, descobri sô?!

- Êta, jegue! Quem tá contando a mentira sou eu ou você? Será que posso continuar, posso?

- Descurpa a arfobação, cumpadi...

- Descurpo, sim. E para de me chamar de cumpadi! Bom, continuando: como João Papamadeira é muito mar informado, num sabia que Borogodó do Norte é a terra do mombuguaru.

- Mombuguaru? Que ráio é isso, cumpadi...?

- Êta! Uma frutinha azedinha, meio rocha, meio amarela, azuladinha... Dá para fazer muita coisa com essa frutinha.

- Ié?

- Ie, jegue.

- E ai?

- Ai que certo dia era a festa do mombuguaru na cidade de Borogodó do Norte. E João Papamadeira tinha alergia a essa frutinha. Ficava todo empipocado. Passava mar a ponto de ir pro hospitar!

- Ié?

- Ie, jegue.

- E ai?

- Ai que ele ia rapá a comida na casa dum e só tinha torta e bolo de mombuguaru. Ia na casa doutro ramgá a bóia e só tinha pastel e panqueca de mombuguaru...

- Êta, cumpadi! Ié?

- Ie, jegue.

- E ai?

- Ai que ele correu esfomeado pra Itacaré. Disseram que quando ele chegou lá já tinha comido as botas de fome.

- Hahahahahahahahaióióió!

- Hehehehehehehehe!

- Mas e o apeído?

- Ixi! Num é mermo que esqueci de contar? É que no caminho pra outra cidade, João Papamadeira tava com tanta fome que abocanhou um pedaço da placa de madeira "Itacaré à 100 km".



- Êta mentira boa de contar, sô!

- É mermo, jegue! É boa mermo!

-----

terça-feira, setembro 15, 2009

Visita para tia Neguita

Dia 18 foi o aniversário da tia Neguita, uma das quatro irmãs da minha vó Fausta.

Um dia me mandou esta foto que ela mesma montou, acrescentando as duas que já haviam morrido. É uma foto montagem feita por ela há algum tempo:



Da esquerda para a direita temos: tia Yaya, tia Neguita (que é a mais nova), tia Anna (que era cega), tia Tita e, por última, a única sem apelido que é a minha vó Fausta.

A tia Neguita fez 96 anos e é a única que está viva. Ela era 19 anos mais nova que vó Fausta, que era a primogênita.

Minha mãe vai para São João da Boa Vista. O São Francisco vai ser o presente de aniversário.



segunda-feira, setembro 14, 2009

Encontro na Livraria Nove Sete

Foi super bacana o evento no sábado. Revi minha amiga Silvana Rando, conheci Ionit. Encontrei Ilan e sua família.

A vitrine que montei fez sucesso! As bonequinhas estão um mimo!

Ilan contou histórias, as ilustradoras mostraram seus trabalhos e todos conversaram animadamente. Virou uma festa.

A livraria Nove Sete foi muito elogiada. Além disso, Gabriele e todos que lá atendem são super gentis.

O novo café é de um pessoal muito bacana que tem uma doceira lá perto. Novidade, pois reinaugurou no dia.

Gislene e Vasquez estão de parabéns.

Vejam as fotos:


Ionit e Gislene


Novo café



Ilan contando histórias


Silvana Rando


Silvana e Gislene


Ionit mostrando seus originais


Mais originais!


Foto que Liz, filha de Ilan, tirou

A Livraria NoveSete fica na Rua França Pinto, 97, na Vila Mariana. Telefones para informações: 5573-7889 e 3567-4344.

-----
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...